Temos certeza de que a solidariedade é nossa força neste momento
Somos uma plataforma que conecta profissionais de educação buscando auxílio psicológico à psicólogas e psicólogos voluntários disponíveis a oferecer um atendimentos gratuitos.
Perguntas Frequentes

O que a equipe por trás da Rede de Apoio Psicológico faz?
Nós não realizamos os atendimentos em si. Nossa função é conectar quem precisa de ajuda a quem pode ajudar. Também estamos disponíveis para tirar dúvidas, dar suporte aos voluntários e voluntárias e fortalecer a Plataforma.

Quem pode receber atendimento?
Profissionais da educação, de qualquer parte do Brasil e que precisam de escuta qualificada para lidar com esse cenário atípico e grave no sistema de ensino.

Quem pode fazer os atendimentos?
Apenas psicólogos (as) com CRP ativo, em qualquer região do território nacional.

Como funciona o atendimento?
O atendimento é pontual (não providenciamos um acompanhamento psicológico contínuo, mas sim um apoio pontual durante o período de isolamento social), gratuito e online (acontecendo através da ferramenta de videoconferência da escolha do(a) psicólogo (a) e do profissional de saúde). As diretrizes de atendimento terão como base as diretrizes éticas do Conselho Federal de Psicologia (CFP).

Existe alguma triagem dos psicólogo(as)?
Sim. Antes de fazer qualquer conexão, nossa equipe checa o CRP de cada psicólogo(a), de modo que incluímos na lista de voluntários apenas aqueles(as) que têm CRP ativo. Além disso, todo psicólogo(a) inscrito aceita nosso Termo de Voluntariado e é orientado pelas Diretrizes de Atendimento do Projeto. Caso você identifique alguma questão de conduta de um psicólogo(a), por favor, entre em contato com a nossa equipe.

Em casos de dúvidas sobre a plataforma com quem eu falo?
Se precisar falar com a equipe da Plataforma, basta enviar um e-mail para redeeducadoresemluta@gmail.com . Pedimos a compreensão com relação ao prazo de resposta, pois toda a equipe trabalha de forma voluntária e estamos recebendo muitas mensagens e demandas.




Existe alguma triagem dos profissionais da educação?
Não. Consideramos que todos os profissionais da educação estão aptos a receber o atendimento. Por isso, todos os pedidos de ajuda que recebemos são encaminhados para os(as) voluntários(as). Caso você verifique que algum caso não se enquadra no perfil da Plataforma de Apoio Psicológicos para Profissionais da Educação, por favor, entre em contato com a nossa equipe.

A Plataforma funciona onde eu moro?
A Plataforma de Apoio Psicológico para Profissionais da Educação se propõe a estar em todo o Brasil. Contamos com você para nos ajudar a expandir cada vez mais nossa atuação!

Não tenho CRP, como posso ajudar?
Cadastramos apenas psicólogos(as) com registro profissional no CRP, pois precisamos do respaldo desses conselhos para garantir que os(as) profissionais da educação inscritos recebam uma escuta profissional qualificada. Mas você pode sempre ajudar na divulgação e expansão da iniciativa :)

Por quanto tempo a plataforma ficará disponível?
Manteremos a Plataforma em funcionamento, bem como o trabalho de gestão e encaminhamentos da rede, enquanto durar o período de distanciamento social e de retorno às atividades presenciais devido ao COVID-19. Após este período, ficará a cargo de cada psicólogo(a) e profissional de saúde a continuidade ou não do atendimento - e suas circunstâncias.

A plataforma provê algum apoio para psicólogos(as) cadastrados(as)?
Estamos estruturando uma rede de dispositivos de apoio para os psicólogos (como grupos, supervisões e discussões sobre o escopo do projeto). Nossa expectativa é que estas ferramentas sejam gratuitas e que estejam disponíveis nas próximas semanas. Em breve ofereceremos maiores informações aos voluntários cadastrados.